Morfina, dor fina.

 

A dor é tanta que já nem sinto. Minhas dores são potencialmente destruidoras, uma junção letal de dores velhas e recentes. Me causam coisas indescritíveis. Suas diversidades são tão grandiosas que já não sinto mais nada, ou melhor, sentir eu sinto, eu só não sei definir o que acontece dentro desse corpo penoso e fúnebre. A dor é tanta que anestesiou os meus sentidos. Estou sob efeito dormente. As inúmeras dores que me foram causadas anestesiaram-me, como morfina.  

(via ill-founded)